Geraldo Alckmin é denunciado pelo MP por falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e corrupção

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) denunciou o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, por falsidade ideológica eleitora, lavagem de dinheiro e corrupção passiva. As informações são do site UOL.

De acordo com o MP estadual, Alckmin recebeu R$ 2 milhões em espécie da Odebrecht na campanha eleitoral de 2010 e R$ 9,3 milhões quando disputou a reeleição em 2014.

Na última semana, o político foi indiciado pela Polícia Federal por suspeita de crime eleitoral. Além da delação de ex-executivos da Odebrecht, também foram obtidas provas em sistemas de informática e extratos telefônicos.

O ex-governador foi citado na delação de três executivos da Odebrecht, sendo um deles Benedicto Júnior, que atuava no departamento de Operações Estruturadas, que ficou conhecido como ‘departamento de propina’. Benedicto afirmou que a empreiteira repassou R$ 10,3 milhões para as campanhas de 2010 e 2014, sem registro na Justiça Eleitoral, o chamado “caixa 2 eleitoral”.

Fonte:Varela Notícias

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *