Conmebol recua e evita projetar datas para Libertadores e Eliminatórias

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) recuou em relação aos posicionamentos antigos sobre a projeção de datas para o retorno da Copa Libertadores e o início das eliminatórias sul-americanas. Ao invés de trabalhar com previsões, a entidade definiu que a bola rolará somente com liberação total das autoridades sanitárias de cada país do continente.

O recuo acabou sendo definido depois de reunião por videoconferência realizada nesta quarta-feira (13). Os representantes das confederações atualizaram as autoridades da Conmebol sobre a situação do avanço da Covid-19 em seus respectivos países. A situação mais preocupante, obviamente, é a do Brasil.

“O Conselho da CONMEBOL reuniu-se hoje por videoconferência e analisou os possíveis cenários do futebol continental nos próximos meses, concordando em retomar as competições quando as condições sanitárias o permitirem”, comunicou a Conmebol.

Segundo apurou a reportagem, o tom é de preocupação, especialmente pela situação brasileira. Na terça (12), o Brasil viveu o pior cenário em relação às mortes por novo coronavírus: em 24 h, o Ministério da Saúde confirmou 881 mortes por conta da Covid-19.

Ao todo são mais de 12 mil vítimas fatais do novo coronavírus em solo brasileiro. De acordo com a atualização da terça, o Brasil tem 180.737 pessoas infectadas com o vírus responsável por paralisar o futebol mundial, entre outras atividades.

Se o quadro brasileiro gera grande preocupação, a questão do transporte das delegações também é algo a ser discutido nas próximas reuniões. Aeroportos do continente estão fechados e há grande receio de contaminação justamente na chegada de estrangeiros.

“Estas reuniões de seguimento com os membros do Conselho nos permitem ter o pulso real e atualizado da situação em cada uma das federações, bem como alinhar objetivos, protocolos e novas medidas que diminuam o impacto da covid-19 no futebol continental”, comentou o presidente da entidade, Alejandro Domínguez, depois da reunião.

Antes da reunião desta quarta, a Conmebol trabalhava com o retorno das eliminatórias em setembro e confirmava que a Libertadores seria disputada ainda neste ano. Agora, a conclusão é de que o avanço da Covid-19 na América do Sul impede qualquer projeção, seja otimista ou pessimista.

Fonte: Varela Notícias

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *