Meteorito lunar foi encontrado há dois anos no deserto do Saara, possui pouco mais de 13 quilogramas e um forte brilho prateado

Fala verdade, quem não gostaria de ter um pedaço da Lua dentro da casa? Já pensou, que incrível! Pois, saiba que o “adorno espacial” já está à venda – ou melhor – vai a leilão muito em breve, em Londres. Agora, quanto você acha que custaria um pedaço da Lua? Infelizmente, o “enfeite” não é para qualquer um; a não ser que você tenha alguns milhões sobrando na sua conta bancária. O quinto maior pedaço do único satélite natural da Terra vale, aproximadamente, US$ 2,5 milhões (em conversão direta, no câmbio atual, algo em torno de R$ 13.750.000). 

Com 13,6 kg, o meteorito lunar (NWA 12691) foi encontrado no deserto do Saara dois anos atrás. É difícil saber como o objeto veio parar aqui na Terra. O que se especula é que o pedaço foi separado da Lua após o choque de um asteroide ou cometa. Além disso, ninguém faz a mínima ideia de quando isso aconteceu – e, sim, o meteorito pode ter caído no Saara há centenas ou até milhares de anos.

Reprodução

“Provavelmente será o maior exemplo já lançado no mercado”, disse James Hyslop, diretor de ciência e história natural da Christie’s, a famosa sala de leilão de Londres. “A experiência de segurar um pedaço de outro mundo em suas mãos é algo que você nunca esquece”, completou.”

Como é de se imaginar, um pedaço da Lua na Terra é algo bastante raro. Hoje existem pouco mais de 635 quilogramas de rochas lunares conhecidas pelo homem. Destas, cerca de 880 quem trouxeram foram os astronautas das missões Apollo dos anos 60 e 70.

O meteorito lembra – atenção, só lembra – uma pedra. Mas o pedaço da Lua não poderia ser rebaixado a ser classificado como uma pedra. Como outras substâncias da Lua, o NWA 12691 é composto de minerais e gases raros e desconhecidos. Mas o que chama mesmo atenção é seu forte prateado.

Via: artnet

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *